quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Deus tem algo para falar com você - Sl. 19


Aefe Noronha


“Os céus declaram a Glória de Deus” - Sl.19.1


O filme Interestelar, de Cristopher Nolan, é a história de seres espaciais buscando uma forma de comunicar uma mensagem aos humanos. De forma parecida, Deus também tem uma mensagem aos homens, e o salmo 19 nos mostra as diversas formas com as quais Deus tem buscado transmití-la.
O salmo inicia mostrando como “sem discurso nem palavras” (v.3) Deus se comunica pelos céus em todo o tempo: “uma dia fala disso a outro dia” (v.2); em todo lugar: “sua voz ressoa por toda a terra” (v.4) e em todas as coisas, através de uma gloriosa descrição do movimento do sol (v.6). Não há um dia e nenhum lugar na terra em que Deus não esteja usando o mais simples dos seres até o mais glorioso sol para levar uma mensagem aos homens.
O salmo continua, nos mostrando que Deus se comunica no próprio coração humano. Nele, Deus colocou o que o salmo chama de testemunhos, entre outros nomes. Estes testemunhos são confiáveis, justos, verdadeiros e mais valiosos que o ouro e mais saborosos que o mel, revelando as qualidades do próprio Deus. Eles foram colocados no coração humano para revigorar a alma e dar sabedoria até aos mais simples (v.7); dar alegria ao coração e trazer luz aos olhos (v.8); além de advertência e recompensa (v.11).
No entanto, o pecado reinando no coração humano trouxe uma cegueira tal que os homens se tornaram incapazes de ouvir o discurso de Deus nos céus e reconhecer o testemunho de Deus em seus corações (Rm.1.18-23). Por isso, o autor do salmo faz uma das perguntas mais desesperadoras da humanidade: “quem pode discernir os próprios erros?” (v. 12). Foi então que o testemunho de Deus precisou ser escrito em livro, pois os homens já não a enxergavam em seus corações; e precisou ser escrito por Deus, pois os homens estavam cegos.
Foi assim que, finalmente, Deus se revelou na forma mais magnífica, através de Jesus Cristo. Foi através da morte de Jesus Cristo que o salmista alcançou a resposta de seu pedido de absolvição da culpa pelos pecados (v.12-13a), e através da ressurreição, que o salmista recebeu a resposta para seus pedidos de integridade, inocência e de um lábio e um coração agradável a Deus (v.13b-14).


Nem os céus e nem a lei em nossos corações puderam falar de maneira tão eficaz e graciosa esta mensagem que Deus tinha para transmitir para mim e para você, senão através do seu Filho Jesus Cristo: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso” - Mt.11.28.

Um comentário:

Jose Costa disse...

Paz!
Passando por este blog, o qual conheci através da Associação de blogueiros cristãos, que faço parte.

Gostei muito do cardápio servido aqui!

Abraços!

Pr José Costa