sexta-feira, 19 de novembro de 2010

A ciência não é Deus

Trecho do debate entre o filósofo e teólogo Dr. William Lane Craig, e o químico Dr. Peter Atkins. Para assistir todo o debate clique aqui.
A revista Superinteressante, sempre muito crítica da Bíblia e defensora do liberalismo teológico, em sua edição de novembro/2008 não pode negar o fato de que “ser cientista também é uma profissão de fé”. No artigo intitulado “Ciência, uma questão de fé?” a Super mostrou que várias teorias científicas além da Teoria da relatividade geral de Einstein, como a hipótese do multiverso, a teoria das supercordas, a mecânica quântica e a teoria da inflação cósmica não podem ser plenamente comprovadas cientificamente e possuem suposições e especulações.

No século XIX dava-se à ciência o caráter de onipotência, todavia sua prerrogativa de resolver os males do mundo não se confirmou. Assim, de lá pra cá o ceticismo vem implodindo e o misticismo crescendo como uma muleta para os problemas que a ciência não pode resolver. Todavia, as crenças precisam ser pensadas e refletidas diante de evidências e experiências, e, acima de tudo, serem confrontadas em relação à verdade. Tachar de forma preconceituosa a religião como sendo apenas do campo da fé, enquanto a ciência faz parte apenas do campo dos fatos e evidências, não é positivo.

Durante a primeira metade do século XX todas as ciências eram predominantemente naturalistas, mas graças ao trabalho de filósofos como Alvin Plantinga isso não é mais uma realidade no campo da filosofia, como o filósofo ateu Quentin Smith acabou admitindo “hoje, talvez, 1/4 ou 1/3 terço dos professores de filosofia são teístas”. No campo da filosofia a ciência não possui a exaltação que possuía até os anos 50. Dallas Willard, professor de filosofia da universidade da Carolina do Sul, colocou a ciência no seu devido lugar: “A ciência não faz declarações. Os cientistas, sim. E, às vezes, erram”.

O fato da ciência não ser onipotente não nos dá o direito de ignorá-la e desprezá-la. Se você ficar doente você procurará um médico e tratará a enfermidade, os avanços da ciência são altamente positivos e importantes, mas não são suficientes para responder todas as nossas perguntas. E, para estas talvez, possamos passar a pensar na possibilidade de acreditar em Deus.

Trabalho apresentado como exigência para aprovação na disciplina de Jornalismo Opinativo do curso de Comunicação Social da Universidade Federal de Uberlândia e originalmente postado no Blogo. Logo, opino.

Um comentário:

Josiel Dias disse...

Prezados Irmãos Graça e Paz.
Gosto de café e amo a palavra de Deus. Não união perfeita como esta. Parabéns pelo blog muito legal. Aproveitamos a oportunidade para compartilhar o nosso blog. Mensagem Edificante para alma. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.
Deus te abençoe ricamente
Josiel Dias
Mensagem Edificante para Alma
http://josiel-dias.blogspot.com
Rio de Janeiro