segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Livrando-se de todo cativeiro

Ter sido "alçada" por Jesus do perigo da morte e do inferno foi o que de melhor aconteceu em minha vida. É o que de melhor pode acontecer na vida de qualquer pessoa. Gosto desse sentido universal e consolador: “Qualquer pessoa”, implica igualdade, incondicionalidade, demérito.  Esse olhar do Reino, totalmente distinto do olhar do mundo é o que preserva a humanidade em constante renovo e progresso. 

Envoltos em misericórdia e amor caminham os homens por dádiva dos céus que os mantêm vivos ainda que sequer percebam ou agradeçam. De passo em passo, a Divina graça observa e rege o tempo.  Esse tempo que não nos obedece e pulsa para o futuro que é o hoje, ontem e amanhã. Por acaso seriamos nós os que descortinam o dia também enegrecendo as noites?  Somos apenas qualquer um, um a mais, entre muitos naturais. Mas Ele nos ama: a qualquer, a todo.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Jo 3:16.

Ele ama e isso é tudo. Posso vê-Lo nos amando agora, nesse instante, ao pecador e ao justo espelho de Jô. Enquanto o mundo odeia, maltrata, mutila, faz perder o ânimo, Ele ama e diz: Creia, Eu te fortaleço. Nenhum braço ou colo é capaz de entender tão bem cada lágrima, suspiro, súplica, palavra dita e não dita. Somente Ele, a conjugação do amor, perfeito consolador.

“Mas, quando vier o Consolador, que eu da parte do Pai vos hei de enviar, aquele espírito de verdade, que procede do Pai, testificarei de mim.” Jo 15:26

Quando “todo aquele, qualquer pessoa” crê, Ele consola. No versículo acima, a palavra consolador tem o sentido de parakletos, significa “estar ao lado de, ser chamado para o lado de alguém”.  Quando chamamo-Lo Ele ouve e socorre, também conduz a verdade, ensina coisas úteis e revela os tesouros escondidos do Reino:  “Assim diz o Senhor, o teu Redentor, o Santo de Israel. Eu sou o Senhor teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar” Is 48:17.

Jesus quer te tirar de "trás das malhadas", te ensinar coisas grandes e de modo maravilhoso mudar o rumo de sua história.  Esteja onde estiver, passe o que passar os olhos do Senhor estarão sobre ti, porque Ele ama, a “todo, a qualquer” a mim e a você.  Jesus não se surpreende com a nossa maneira de ser e viver, com as coisas estúpidas que vez por outra fazemos e pensamos, Ele lembra de que somos pó e se compadece de nossas fragilidades. Sem acusar Ele trata nosso ser de tal forma que ao sentir Seu amor a nos moldar o amamos cada vez mais.

Entregue-se a este amor e encontre descanso e paz para sua alma,  direção para a vida.  Jesus apaga todas as suas transgressões  e eis que tudo se faz novo! Faça comigo esta pequena e simples oração:

“Senhor meu Deus, eis-me aqui para te servir. Confesso com meus lábios e coração a fé em Jesus como  Senhor e Salvador, me torna nova criatura e faz tudo novo e melhor em minha vida, para a glória do Seu nome, amém".

Em Cristo: Wilma Rejane

2 comentários:

Fruto do Espírito disse...

Amada do Senhor!

O que seria de nós se não fosse Jesus em nossas vidas!

A sua mensagem traz edificação para o Corpo de Cristo, e falou muito ao meu coração, pois conversando com meu esposo, há alguns dias atrás nós estávamos comentando a passagem onde Jesus levou cativo o cativeiro, resumindo: Fez a obra completa.
Isso é maravilhoso demais.
Como agradecer tão grande gesto de amor, sua morte na Cruz do Calvário foi a maior demonstração de que somos amados por Aquele que tem todo o poder nos céus, na Terra e debaixo da terra.

Volte sempre, és muito bem vinda no meu espaço. Deixe seu comentário...

Em Cristo,

***Lucy***

Pedro Fernandes disse...

Olha, estou muito impressionado com este trabalho de vcs...